top of page

A importância da inclusão

A importância da inclusão: Como a valorização da diversidade pode impulsionar os negócios


Na última semana, em 06 de abril, comemoramos o Dia Internacional da Assexualidade, uma data que nos lembra da importância de abordar a sexualidade nas empresas e promover um ambiente mais inclusivo e diverso. A Diversidade, Equidade e Inclusão são pilares fundamentais para a criação de um ambiente de trabalho acolhedor que valorize a pluralidade das experiências e perspectivas de todas as pessoas colaboradoras!


Mas, por que falar sobre sexualidade é importante para os negócios? Dados recentes mostram que empresas que valorizam a diversidade e a inclusão têm melhor desempenho financeiro e maior engajamento dos colaboradores.

  • Um estudo da consultoria McKinsey aponta que empresas mais diversas são 33% mais propensas a ter resultados financeiros acima da média do mercado.

  • Um relatório da Out Leadership, divulgado em 2020, mostrou que empresas que incluem pessoas LGBT+ em seu ambiente de trabalho têm maior probabilidade de serem inovadoras, terem um desempenho financeiro melhor e terem funcionários mais engajados.

  • Já o estudo realizado pela Human Rights Campaign Foundation, em 2019, mostrou que empresas que promovem a inclusão de pessoas LGBT+ em seu ambiente de trabalho têm maior probabilidade de atrair e reter talentos.

  • Outra pesquisa realizada pela Stonewall, em 2018, revelou que empresas inclusivas são capazes de aumentar a satisfação e o comprometimento dos funcionários, reduzir o absenteísmo e a rotatividade e melhorar a reputação de sua marca.


Discutir a sexualidade no ambiente corporativo é uma forma ‘abrir a porta para acolher a diversidade’ permitindo que pessoas de diferentes orientações afetivo-sexuais e identidades de gênero se sintam respeitadas e valorizadas, facilitando a inclusão real.


E diferencio aqui inclusão real da ‘inclusão formal’ (pró forma), essa última sendo aquela na qual empresas fazem ações de diversidade das portas para fora, em suas campanhas, propagandas, ações de marketing e na internet em determinadas épocas do ano, mas não promovem de fato esse espaço seguro, o letramento e treinamentos de lideranças das portas para dentro.


São ações reais que geram esses impactos positivos, melhoram os negócios, seus lucros e rendimentos, além de manter a imagem da empresa como positiva para a sociedade e que os estudos e pesquisas têm mostrado.


Nesse sentido, liderança tem um papel fundamental na promoção de ações que oportunizem a pauta da DE&I para com seus times e na organização. Ações como a estruturação de grupos de afinidade e do comitê da diversidade, bem como a promoção de rodas de conversa e palestras sobre o tema, são exemplos de práticas que podem ajudar a empresa nessa estratégia.



E não posso deixar de falar que DE&I começa desde o processo de atração, recrutamento e seleção de pessoas candidatas. Como é feito esse processo na sua organização?


É importante que todas as pessoas e profissionais envolvidas neste processo estejam devidamente capacitadas para adotar práticas inclusivas em seus processos seletivos, a fim de atrair talentos mais diversificados e qualificados e garantir que haja equidade à essas pessoas.


Criar um ambiente de trabalho acolhedor que valoriza a diversidade já não é mais um mero diferencial de mercado, está se tornando uma regra que, aliada à estratégia, gera impactos positivos para os negócios, mantém a empresa como uma marca competitiva na qual as pessoas queiram fazer parte e as que já estão sintam-se confortáveis em pertencer e continuar pertencendo.


Irina Talbot

 

A Éssi Consultoria oferecerá o Treinamento em Seleção Inclusiva, no dia 19 de maio em São Paulo. Essa é uma oportunidade única para pessoas interessadas em se aprofundar no assunto possam aprender de forma prática e receber técnicas e ferramentas para que possam implementá-las em suas organizações e começar essa onda de transformação.



54 visualizações

Posts recentes

Ver tudo

Comments


bottom of page